domingo, 30 de setembro de 2012

Sinais da ditadura ou; O jeito 45 de ser...



Fonte ferramentasblog
A internet tem se mostrado como um grande espaço para debates, confronto de idéias, manifestações e mobilização social. Tem seu lado ruim e é mal usada por diversos grupos e pessoas. Mesmo assim, os benefícios de um espaço de comunicação como esse são maiores, é mais democrático que outros meios e, acessível para praticamente qualquer pessoa. O que está em jogo aqui é nossa liberdade de expressão e direito à informação, juntamente com nossa responsabilidade individual.
Um dos assuntos mais complexos que temos que abordar hoje em dia é a relação entre “Liberdade de expressão Vs. Responsabilidade” quanto ao uso da internet e seus meios. Nós blogueiros estamos no meio do fogo cruzado, principalmente por sermos protagonistas de um novo meio de comunicação e propagação da informação.
O melhor da internet hoje é que já não dependemos mais dos grandes meios de comunicação, nem de dinheiro, equipamentos, equipes e profissionais, para fazermos nossa voz ser ouvida e propagada. Cada indivíduo com um computador, tablet ou celular com acesso à internet pode ter seu blog ou um perfil em rede social, até mesmo um simples e-mail, e fazer voar pela rede o que achar conveniente para suas interações.

Não somos empresas, nem órgãos de comunicação ou entidades. Somos pessoas, indivíduos conversando sobre o que queremos, com quem queremos e de forma direta, sem intermediação de terceiros, sem nos deixar levar por opiniões alheias (ou nos deixando levar, mas escolhendo quem realmente nos influencia).

Sim. Podemos escolher quem vamos deixar nos influenciar. Não estamos presos aos poucos canais da TV ou aos poucos jornalistas canonizados pela mídia tradicional. Nem mesmo a propaganda convencional tem sido eficiente para vender produtos ou serviços, onde até a linguagem da política está precisando ser repensada.

Isso não nos exime da responsabilidade, das leis e do Direito. A democracia plena para a liberdade de expressão prescinde o direito do outro, o espaço do outro. A internet não é lugar sem lei ou sem regras, não é um vale-tudo. Não tenho a resposta sobre tudo isso e ainda vamos levar algum tempo para saber como usar efetivamente a internet. Mas ainda é melhor do que tudo o que já tivemos.


Por Tutuca,

Este texto traduz de maneira bem sintetizada o que são os blogs e como devemos nos manifestar perante a opinião pública.

Existem pessoas que pensam que ainda estão no tempo da ditadura...

Seria neste caso, qualquer semelhança uma mera coincidência??? 
 
É só lembrar do caso de Pontal do Paraná,onde um certo deputado , sem representação nenhuma no cenário político do estado, e digá-se de passagem, sem nenhum serviço prestado à nossa querida Antonina, foi flagrado em vídeo tentando de maneira anti democrática  "tirar da jogada" uma pessoa que era contra o candidato apoiado por este.

Estarei presente nesta segunda feira no fórum da cidade a fim de me interar sobre uma representação impetrada contra o BLOG DO TUTUCA/CELSO WISTUBA.   

A leitura que faço deste ato é que se trata de uma clara tentativa de intimidação contra quem de maneira democrática vem ao longo deste período eleitoral se manifestando CONTRA OS INTERESSES dos poderosos.
 
Em breve trarei  informações detalhadas sobre esta situação.
 
UM ABRAÇO À TODOS.

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

DEPUTADO ALEXANDRE CURI É APOIO IRRESTRITO À ZÉ PAULO PREFEITO 15 -

O Deputado Alexandre Curi  - o mais votado do Paraná nas últimas duas eleições – esteve presente no comício realizado no Maria Luiza, trazendo o seu apoio ao candidato Zé Paulo 15.


Deputado Alexandre Curi garante ; Zé Paulo terá as portas abertas no Governo do Estado.

Veja os Vídeos.

http://www.youtube.com/watch?v=eOw3UpTkitI

http://www.youtube.com/watch?v=_npleppC9EY&feature=share

Não pude estar presente no comício do Jardim mas recebi a visita - em "meu escritório - do Deputado Alexandre Curi e do futuro Prefeito de Antonina Zé Paulo 15.

terça-feira, 25 de setembro de 2012

RECORDE DE VISITAS. MUITO OBRIGADO.



GRÁFICO DEMOSNTRATIVO DO BLOG, ONDE SE CHEGOU AO NÚMERO DE 74 ACESSOS AO MESMO TEMPO E 434 VISITAS NO MESMO PERÍODO.

OBRIGADO À TODOS.

CANDIDATA DO PSDB TEVE REGISTRO CASSADO EM BASE NA LEI DA FICHA LIMPA

TSE barra candidatura de Beti Pavin em Colombo
Beti teve o registro cassado com base na Lei da Ficha Limpa. Os advogados da coligação já recorreram ao pleno do TSE e Beti deve continuar em campanha até a decisão final
O Tribunal Superior Eleitoral manteve a cassação da candidatura de Beti Pavin (PSDB), à prefeitura de Colombo, na quinta-feira (20). Pela decisão do minsitro Marco Aurélio Melo, Beti ficará inelegível até 2017. Mas, a assessoria jurídica da coligação da candidata tucana informou que ela continua em campanha até a situação ser avaliada pelo plenário do TSE.
A ex-prefeita da cidade e ex-deputada estadual já havia tido o registro indeferido no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PR), no dia 25 de agosto. De acordo com a decisão proferida pelo ministro, Beti não cumpriu o prazo fixado por lei para recorrer, que era em 31 de agosto. Os embargos da coligação de Beti foram protocolados no dia 2 e 6 de setembro e, por isso, o ministro negou a legitimidade do recurso, mantendo a determinação do TRE.
A candidatura de Beti foi impugnada pelo TRE-PR por improbidade administrativa sob os princípios da Lei Ficha Limpa. Entre os motivos que causaram a impugnação estão prejuízo à gestão municipal, rejeição de contas públicas, danos ao patrimônio público e gastos ilícitos de recursos públicos.
O assessor jurídico da campanha, Nildo Lubke, afirmou que entrou com um recurso para que o plenário do TSE analise o caso. “A opinião de um único ministro está errada”, disse. O advogado, ainda, destacou que não há nomes para substituir Beti na disputa pela prefeitura de Colombo.
Por Tutuca,
Como notamos essa questão ainda vai render muitos e muitos noticiários.
Aos Peixes Grandes as brechas da lei...
O incrível é que tem gente que não entende ou “não quer entender”,que liberação para ser candidato não quer dizer estar “livre” dos inúmeros processos. Mas infelizmente tudo isso acontece, pelas brechas que a nossa justiça que ,quando o réu é peixe grande, proporciona.
Aos Peixes pequenos a lei...
O nosso judiciário poderia ser igualmente objetivo nesses casos da Lei da Ficha Limpa, como é em casos que o cidadão que não votou e deixou de justificar ou pagar uma multa de R$350. Este "peixe pequeno" fica automaticamente "fora" de qualquer pleito eletivo e impedido de prestar concursos públicos. Deveria ser assim, quem possuí processos em andamento por improbidade administrativa e outros, estaria também, automaticamente fora de qualquer pleito a um cargo público.
Ou no caso de um cidadão que vai prestar concurso a um cargo público e tem preencher previamente requisitos como;
Não ter sido demitido por justa causa por ato de improbidade no serviço público ou exonerado a bem do serviço público, mediante decisão transitada em julgado
Apresentar, no ato da nomeação, a certidão negativa de antecedentes criminais fornecida pelo Cartório Distribuidor do Fórum.
Pois é! Deveria ser simples assim, mas não é, tudo depende do tamanho do “PEIXE”.
Enquanto isso, a coisa caminha dessa maneira; Instâncias,recursos, liminares, muita gente tentando, desesperada e pateticamente, tapar o sol com a peneira...
A população é quem pode e vai decidir nas urnas quem é Ficha Limpa ou Ficha Suja e pelo que tudo indica, já decidiu...
Um abraço a todos.

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

CANDIDATOS FICHAS SUJAS TERÃO SEUS VOTOS DESCARTADOS.



Lei da Ficha Limpa barra mais de 800 candidatos no país
Levantamento do G1 contém dados parciais dos TREs e Procuradorias.
Candidatos 'sub judice' ainda podem recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral.
Rosanne D'Agostino*Do G1, em São Paulo

Pelo menos 868 candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereador em todo o país foram barrados com base na Lei da Ficha Limpa pelos Tribunais Regionais Eleitorais, segundo levantamento do G1 com base nas decisões da segunda instância da Justiça Eleitoral.

Os dados são parciais e foram fornecidos pelos TREs e Procuradorias Regionais Eleitorais de 23 estados (veja na tabela ao lado).

O número de barrados representa 0,2% do total de 481.156 candidaturas registradas no país pelo TSE. Até a sexta-feira (14), eram 450.521 registros de candidatos aptos e 30.425 inaptos, ou seja, que não cumpriram os requisitos determinados pela Justiça Eleitoral para se candidatar.

Os candidatos que tiveram o registro indeferido em primeira instância, pelo juiz eleitoral, puderam recorrer aos TREs. O prazo para o julgamento dos recursos nos tribunais estaduais terminou no dia 23 de agosto. Nesta data, todos os processos e resultados já deviam ter sido encaminhados ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Ao todo, 13 estados informaram ter julgado todos os casos de registro de candidatura. Os demais afirmaram restar poucos processos a serem analisados. O estado que mais possui processos pendentes é São Paulo: cerca de 200, segundo o TRE-SP.

O TSE informou ter recebido 2.598 recursos de candidatos até a sexta-feira (14), mas não possui levantamento sobre quantos se referem especificamente à Lei da Ficha Limpa. A estimativa da Corte é que o total de processos ultrapasse 15 mil nesta eleição. Na última, foram em torno de 5 mil.

Até a publicação desta reportagem, os tribunais de Paraná, Goiás e Acre não possuíam os números relativos à Lei da Ficha Limpa. O TRE da Bahia não possui o levantamento, mas forneceu todas as decisões tomadas até a sexta (14). O TRE do Rio de Janeiro não forneceu nenhum dado.

Candidato continua na disputa
Segundo a lei eleitoral, os candidatos barrados em segunda instância com direito a recurso podem continuar concorrendo normalmente até a decisão definitiva do TSE. Por isso, a grande maioria dos candidatos barrados nos TREs pode ser eleita no dia 7 de outubro, data das eleições municipais.


A Lei da Ficha Limpa também não impede a propaganda, mas cabe ao candidato e ao partido avaliarem o risco de continuar as campanhas depois do indeferimento. Isso porque, de acordo com a legislação eleitoral, a candidatura chamada “sub judice”, pendente de decisão final, não conta votos para a legenda no quociente eleitoral.

Enquanto não há definição pelo TSE, os votos do candidato que decidiu continuar na disputa são apenas contabilizados, mas aparecem como resultado final zero enquanto “aguardam” a liberação do registro. Caso a candidatura seja barrada em definitivo, os votos são descartados.

domingo, 23 de setembro de 2012

Aprovado plano de desenvolvimento e zoneamento do Porto de Antonina


Agência de Notícias

O Plano de Desenvolvimento e Zoneamento do Porto Organizado (PDZPO) de Antonina foi aprovado nesta sexta-feira (21/09) pelo Conselho de Autoridade Portuária (CAP). A projeção é de que a movimentação chegue a 3,2 milhões de toneladas de carga por ano no terminal até 2030. O volume representa um aumento de cerca de 170% sobre o total movimentado em 2011, que foi de 1,2 milhão de toneladas.

Prevendo a expansão do Porto de Antonina, o PDZPO aponta novas áreas de interesse portuário, áreas com potencial turístico, áreas próprias para apoio logístico e, também, áreas reservadas para estudos. A diversificação de cargas também está prevista pelo documento.

O documento foi apresentado pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonia (Appa), analisado pelos conselheiros e debatido com toda a comunidade portuária do município, desde agosto. Na próxima semana, será enviado para a aprovação da Secretaria de Portos e Agência Nacional de Transporte Aquaviárias (Antaq).

Assim como o Plano do Porto de Paranaguá, o de Antonina foi desenvolvido com a ajuda da Fundação de Ensino e Engenharia de Santa Catarina (FEESC) e do Laboratório de Transportes e Logística (LabTrans) da Universidade Federal de Santa Catarina. Foram duas etapas, uma de diagnóstico e outra de prognóstico.

O superintendente da Appa, Luiz Henrique Dividino, lembra que desde 2006 o Plano de Antonina estava desatualizado. Essa nova versão considerou fatores como o tamanho e abrangência do terminal, as cargas com as quais opera e a infraestrutura. “Com o Plano de Zoneamento atualizado o desenvolvimento do Porto de Antonina fica ordenado. Agora nada pode ser feito sem que esteja de acordo”, afirma Dividino.

DIVERSIFICAÇÃO – O Porto de Antonina movimenta principalmente carnes congeladas, açúcar ensacado e fertilizantes. Até 2030, o PDZPO prevê o aumento na demanda dos dois últimos produtos, assim como o surgimento de novos negócios com produtos metalúrgicos e veículos. Como destaque na característica da área do Porto de Antonina, o plano traz o perfil de desenvolvimento de atividades de apoio offshore.

Quanto às alternativas de expansão, o plano de Antonina traz a modernização do Terminal Ponta do Félix – para atender novas demandas da movimentação. Além desta, o documento prevê a operacionalização do Terminal Barão do Teffé (com vocação para operações de apoio para equipamentos offshore e estaleiro, principalmente para atender as atividades ligadas a exploração de petróleo).

Em Antonina, a área apontada pelo plano de desenvolvimento como de potencial turístico seria a Ponta da Pita. O documento ainda traz como opção de desenvolvimento do porto a construção de um terminal pesqueiro e uma marina pública. “Esta viria atender o crescente mercado das embarcações de passeio e esportivas. Enfim, o plano apresenta inúmeras possibilidades de expansão”, afirma Dividino.

CONFORMIDADE – De acordo com o Departamento de Planejamento da Appa, historicamente o PDZPO não tinha um guia que definisse os parâmetros do documento. Em 2009, a Secretaria de Portos (SEP) emitiu a portaria 414 dando esse norte. O documento da Appa atende em plenitude essa portaria, assim como o Plano Nacional de Logística Portuária (PNLP).

A idéia é que o PDZPO seja revisado a cada cinco anos ou quando houver um evento não previsto – seja um acidente ou uma mudança econômica drástica.

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

SITUAÇÃO DOS CANDIDATOS A PREFEITO(A) DE ANTONINA SEGUNDO O TSE.




Situação do Registro
[Sobre a Situação do Registro]

APTO
(Deferido)

 
    

Situação do Registro
[Sobre a Situação do Registro]

APTO (Deferido)

Situação do Registro


APTO
(Deferido com recurso)

Apresentada impugnação



     SITUAÇÃO DO REGISTRO


APTO
(Deferido)

 
 
 
SITUAÇÕES DE REGISTROS DE CANDIDATURAS TSE

1. CADASTRADO
Situação inicial de todos os pedidos de registro recebidos no Sistema de Candidaturas.
 
 
. Aguardando julgamento - Candidato cujo pedido ainda não foi julgado.
2. INAPTO
Candidato sem habilitação para ser votado na urna eletrônica. Caso o eleitor digite o número de um candidato inapto, o voto será nulo.
. Cancelado - Candidato que teve seu registro da candidatura cancelado pelo partido.
. Cassado - Candidato que teve o seu registro cassado.
. Falecido - Candidato com registro cancelado assim que conhecido o fato pelo juízo eleitoral (Res. TSE 23.373 art. 70).
. Indeferido - Candidato que não reuniu as condições necessárias ao registro.
. Não conhecimento do pedido - Candidato cujo pedido de registro não foi apreciado pelo juiz eleitoral.
. Renúncia - Candidato cujo pedido de registro não foi apreciado pelo juiz eleitoral.
 
3. APTO
Candidato habilitado para ser votado na urna eletrônica.
 
. Deferido - Candidato regular, com dados e documentação completos, já apreciados pelo juiz eleitoral.
. Deferido com recurso - Candidato julgado regular e deferido; no entanto, houve interposição de recurso contra essa decisão e aguarda julgamento por instância superior.

. Substituto majoritário pendente de julgamento - Candidato substituto que ainda aguarda julgamento.
. Indeferido com recurso - Candidato julgado não regular por não atender as condições necessárias para o deferimento do registro, que interpôs recurso contra essa decisão e aguarda julgamento por instância superior
. Cassado com recurso - Candidato que teve o seu registro cassado e que interpôs recurso contra essa decisão e aguarda decisão.
ATRIBUTOS
. Com impugnação - pedido de registro foi impugnado por candidato, partido, coligação ou pelo Ministério Público (Res. TSE 23.373 art. 40).
. Com notícia de inelegibilidade - pedido de registro sofreu notícia de inelegibilidade por qualquer cidadão (Res. TSE 23.373 art. 44).
 

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

CANDIDATA À PREFEITURA DE ANTONINA É ENQUADRADA NA LEI DO FICHA LIMPA.

http://bandab.pron.com.br/jornalismo/politica/
Justiça Eleitoral do Paraná divulga lista de candidatos enquadrados na Lei da Ficha Limpa
Lucian Haro
 
Publicado em: 19/09/2012 - 18:42 | Atualizado em: 20/09/2012 - 12:32

Um balanço divulgado, nesta terça-feira (18), pela Justiça Eleitoral do Paraná aponta 41 candidatos a prefeito que tiveram seu registro cassado com base na Lei da Ficha Limpa - medida que torna inelegível por oito anos quem tiver o mandato cassado, renunciar ao cargo para não ser destituído ou por ser condenado por algum órgão colegiado - e, portanto, estão temporariamente fora das eleições deste ano, até que outra decisão saia. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PR) analisou 111 processos nesse período, em 91 municípios paranaenses, e outros 23 candidatos foram tirados da disputa por supostamente terem cometido outras irregularidades, como improbidade administrativa e abuso do poder político e econômico.
A maior parte dos concorrentes com registro negado no órgão teve as contas rejeitadas nos tribunais de contas do estado ou nas câmaras municipais, totalizando 38 pedidos de impugnações acatados. Aos candidatos, no entanto, ainda cabe recurso junto à Justiça Eleitoral para que a sentença seja revista. Muitos deles, inclusive, seguem livres para fazer suas campanhas até que saia uma decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
RMC
Em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), por exemplo, a candidata do PSDB à prefeitura do município, Beti Pavin, foi enquadrada na Ficha Limpa pelo TRE (sob o crime de improbidade administrativa) e segue temporariamente fora da disputa. O processo que Beti responde - por rejeição de contas públicas, condenação por danos ao patrimônio público, desaprovação de contas de campanha e captação ou gasto ilícito de recurso - tramita no TSE. Enquanto a decisão não sai, a candidata continua com a campanha dela.
De acordo com informações da Justiça Eleitoral, caso Beti seja julgada inelegível antes das eleições, ela pode sair da disputa e a legenda indicar um novo nome. Caso contrário, se eleita com mais de 50% dos votos dos colombenses e, só depois do pleito, sua candidatura for indeferida, a eleição é cancelada e um novo bate-chapa é realizado dentro do prazo de 20 dias. Na possibilidade de não atingir a metade dos votos, o segundo candidato mais votado é quem assume o cargo.
No município de Rio Branco do Sul, quem enfrenta problemas com a Justiça Eleitoral é o candidato Amauri César Johnsson (PSC), que já foi prefeito da cidade. Ele compõe o grupo dos que tiveram as contas reprovadas. Johnsson chegou a ser afastado de seu cargo, em 2008, após ter sido acusado de desvio de verbas públicas, fraudes licitatórias e formação de quadrilha.
Já em Araucária, também na RMC, o candidato Olizandro Ferreira (PMDB) também segue impedido de concorrer nas eleições, porque teve reprovada pelo Tribunal de Contas do Estado a sua administração como presidente da Câmara de Vereadores. Na época em que comandava a Casa, o peemedebista teria aumentado o vencimento dos vereadores durante o próprio mandato, o que é proibido por lei, pois isso é a legislar em causa própria.
Quem também teve as contas de sua gestão reprovadas e, portanto, segue com a candidatura impugnada é o candidato a prefeito pelo PRP em Campo Largo, Edson Leucz. Ele foi vereador do município entre 1993 a 1996 e diretor presidente da Companhia de Desenvolvimento de Campo Largo (Comlar).
Confira aqui a lista dos candidatos barrados pela Justiça Eleitoral até que uma nova decisão seja tomada. As informações foram cedidas pelo Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR).
ESCLARECIMENTO IMPORTANTE: A assessoria de comunicação do TRE-PR informou que mesmo os candidatos que tiveram suas candidaturas deferidas pelo órgão paranaense, são considerados barrados porque ainda há recurso tramitando no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Somente quando TODOS esses recursos tiverem sido julgados é que o TRE terá uma posição final para considerar o candidato ficha "limpa ou suja".
Por enquanto, a situação é esta:
Contas rejeitadas:
Dercio Jardim Junior (PP) - Alto Paraíso
Munira Peluso (PSDB) – Antonina - deferido com recurso
Olizandro José Ferreira (PMDB) - Araucária - deferido com recurso
Reinaldo Afonso Pereira (PSDB) – Campo do Tenente - deferido com recurso
Edson Leucz (PRP) - Campo Largo - deferido com recurso
Louvanir Joãozinho Menegusso (DEM) – Campo Magro
Vanderlei Luis Spinelli (PSDB) – Clevelândia
Jose Dalpont (PT) – Engenheiro Beltrão
Ricardo Martins Ferreira (PSDB) - General Carneiro - aguardando julgamento
Ana Neoli dos Santos (PSDB) - Guaraniaçu
José Ananias dos Santos (PMDB) – Guaratuba
Adelar Antonio Arrosi (PDT) – Ibema
Paulo de Queiroz Souza (PSDB) - Icaraíma - deferido com recurso
Lourival Bernardino (PSDB) - Iracema do Oeste
Eurivelton Wagner Siqueira (PPS) – Iretama
Wilson Carlos de Assis (PMDB) – Iretama - aguardando julgamento
Ademar Ferreira de Barros (PSDB) - Jaguariaíva
Julio Batista Guimarães (PMDB) – Janiópolis
Wiliam Walter Ovçar (PSC) - Joaquim Távora - deferido com recurso
Antonio Gonçalves (PTB) – Leópolis
Ricardo Radomski (PSD) - Mamborê
Italo Fernando Fumagali (PSC) - Marechal Cândido Rondon - deferido com recurso
Humberto Amaro Fletrin (DEM) - Marialva
Nilson Cardoso de Souza (PT) – Mariluz
Helder Teófilo dos Santos (PSDB) - Morretes - deferido com recurso
Airton Antonio Agnolin (PDT) – Nova Cantu - deferido com recurso
Mario Manoel das Dores Roque (PMDB) – Paranaguá - deferido com recurso
Vlaumir Rodrigues (PSDB) - Querência do Norte
Pedro Taborda (PMDB) - Rio Branco do Ivai
Amauri Cezar Johnsson (PSC) - Rio Branco do Sul - deferido com recurso
Valdemar Jose Castro (PSDB) - Rio Branco do Sul - deferido com recurso
Selmo Adalberto de Carvalho (PSB) - Salto do Itararé
Maurício Bau (PPS) – Salto do Lontra - deferido com recurso
João Adolfo Schreiner (PSC) - Santa Maria do Oeste
Amarildo Rigolin (PP) - Santa Tereza do Oeste
Ricardo Antonio Ortina (PR) - Santo Antônio do Sudeste - deferido com recurso
Dirceu Rodrigues (PSDB) - Siqueira Campos
Luiz Rogério Gimenez (PR) - Tamboara - deferido com recurso
Elizabete Delboni Peres (PMDB) - Tuneiras do Oeste - deferido com recurso
Hussein Bakri (PSC) - União da Vitória 

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

TECHINT EM ANTONINA.

AGÊNCIA DE NOTÍCIAS.
O governador Beto Richa acompanhou nesta segunda-feira (17), em Paranaguá, o início das obras de ampliação do cais leste do Terminal de Contêineres de Paranaguá (TCP), que aumentarão em 25% a capacidade atual da unidade. Richa também assinou termo de permissão para que a Techint, fabricante de plataformas petrolíferas, utilize uma área de 100 mil metros quadrados no porto de Antonina, como estrutura de apoio à unidade da empresa em Pontal do Paraná. Os dois empreendimentos marcam um novo período de investimentos privados nos portos paranaenses
 
Deputado Federal André Zacharow esteve presente na solenidade.
ANTONINA – O porto de Antonina está recebendo quase meio bilhão de reais em investimentos. O Estado do Paraná e a empresa Techint firmaram acordo que permite o uso temporário (40 meses, prorrogáveis) de área de 100 mil metros do terminal. O terreno será usado pela empresa italiana em atividades de engenharia, suprimento, construção e montagem de unidades offshore para a exploração do pré-sal.
A exploração da área está prevista no Plano de Desenvolvimento e Zoneamento do porto de Antonina. Em junho, a Techint iniciou em Pontal do Paraná a montagem de duas plataformas fixas de petróleo, que serão usadas pela OSX, do empresário Eike Batista, na produção de óleo e gás em campos do pré-sal. A expectativa é gerar 2,5 mil empregos diretos e 7,5 mil indiretos.
                                       Zé Paulo e o Deputado Zacharow

terça-feira, 18 de setembro de 2012

ECOS DO DEBATE NA RÁDIO SERRA DO MAR.


Saúde é tema principal nas eleições municipais, diz pesquisa do Ibope.
PriscilaTieppo
Do UOL, em São Paulo
Entre as preocupações dos eleitores que votarão este ano no pleito municipal, a saúde apareceu em primeiro lugar, de acordo com uma pesquisa realizada pelo Instituto Trata Brasil e o Ibope,  divulgada nesta terça-feira (22).

Nas entrevistas feitas com 1.008 cidadãos em todas as regiões do país, a área da Saúde foi apontada como prioritária para 37%. Na sequência, aparecem a Segurança Pública (16%), Educação (11%), Drogas (9%) e Emprego (4%). Estes serão portanto, as áreas em que os eleitores mais prestarão atenção nas propostas dos candidatos.

Por Tutuca.

Essa pesquisa do IBOPE nos mostra qual o tema que mais interessa ao eleitor em todo Brasil e é óbvio que em Antonina, a situação não poderia ser diferente. Tenho comigo que todos os temas devem ser debatidos e tratados em igualdade  de condições ,Educação, Turismo como fonte de emprego e renda, Segurança, Cultura...
É o conjunto das ações de um governo que vai fazer com que este tenha a maioria de aprovação da população.
Mas sem dúvida, é o tema SAÚDE que nos faz em um primeiro plano ,ficar atentos às propostas dos candidatos.
Voltando ao debate na Rádio Serra do Mar na sexta feira passada, notamos que dentre os candidatos que participaram do encontro, Zé Paulo foi o que tratou com mais desenvoltura e conhecimento de causa o tão importante tema.
A candidata 45, que esteve por oito anos no poder, não soube explanar durante toda a sua participação, qual foi o seu grande feito quanto à Saúde em nossa cidade. 
Em uma realidade nua e crua, o nosso hospital durante todo esse grande período, foi alvo de incontáveis, inexplicáveis e improdutivas reformas. Resumindo, muito dinheiro foi gasto, nenhum resultado prático aconteceu.
Já o candidato 20, disse com todas as palavras neste encontro na rádio Serra do Mar, que; NÃO ENTENDIA NADA DE SAÚDE.
O candidato 25 deu a entender em sua fala, que a construção do novo e moderno Hospital de Antonina “NÃO FOI UM BOM INVESTIMENTO PARA O CIDADÃO ANTONINENSE".
Já o candidato 15, provou em sua explanação que, investir em Saúde, é sim prioridade. Um estudo idealizado e executado por ele, quando então Secretário de Saúde, proporcionou ao município uma maior arrecadação perante o Governo do Estado, o que proporcionou também, condições financeiras de se investir na construção do novo e moderno Hospital de Antonina.
O seguimento Saúde é sim um grande desafio a ser enfrentado por todo e qualquer governante. A escassez de profissionais na área é geral, mas no caso de Antonina a situação ainda era pior.
Muitos profissionais da Saúde e principalmente Médicos, em vias de serem contratados pelo município,  visitavam , antes de assinar um contrato, o seu futuro local de trabalho e quando se deparavam com aquele ambiente insalubre, sombrio e sem condições nenhuma de praticar a sua profissão, davam sem pestanejar a meia volta.
Um hospital moderno, com equipamentos modernos, irá sem dúvidas, facilitar em muito a captação de bons médicos e bons profissionais da Saúde para trabalhar em nossa cidade.

Zé Paulo 15.
Saúde com responsabilidade.