quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

UFPR , BOLSAS FANTASMAS.

PF prende 28 pessoas em ação contra desvio de recursos públicos na UFPR 

Adriana Justi e José ViannaDo G1 PR e da RPC

A Polícia Federal (PF) realiza uma operação para combater a prática de desvio de recursos públicos destinados à Universidade Federal do Paraná (UFPR) na manhã desta quarta-feira (15) em cidades do Paraná, Mato Grosso do Sul e Rio de Janeiro. A ação foi batizada de 'Research'.
De acordo com a Polícia Federal, 28 pessoas tinham sido presas até o fim da manhã.
A secretária da pró-reitoria de Planejamento e Orçamento, Tânia Maria Catapan, e Conceição Abadia de Abreu Mendonça, que é chefe do setor de Orçamento e Finanças do mesmo setor, são suspeitas de ser as principais responsáveis pelo desvio de, pelo menos, R$ 7,3 milhões em bolsas de pesquisa para 27 pessoas.
Ambas foram presas pela manhã e tiveram o exercício da função pública suspenso pelo juiz Marcos Josegrei da Silva.
"Há indícios substanciais, portanto, de autoria delitiva direta em relação às servidoras públicas federais CONCEIÇÃO ABADIA DE ABREU MENDONÇA e TÂNIA MARCIA CATAPAN quanto aos desvios de recursos públicos objeto de investigação. A esta altura vale a pena recordar que CONCEIÇÃO MENDONÇA anteriormente já foi denunciada pelas práticas no ano de 2008 dos crimes capitulados nos arts. 312 do CP (peculato) e no art. 89 da Lei nº 8666/93 (fraude em procedimento licitatório)", disse o juiz no despacho em que autorizou as prisões.
Na decisão, o juiz ressaltou ainda que "os processos concessórios das bolsas não foram encontrados e, ao que tudo está a indicar, nem mesmo existiam".

"Os desembolsos eram autorizados pela Instituição de Ensino com base em singelos expedientes que levavam os nomes dos beneficiários e os valores a serem pagos. Esse estado de coisas conduziu a pagamentos mensais a quem sequer vínculo com a Universidade possuía ocasionando um desfalque inaceitável de mais de R$ 7 milhões em um período superior a três anos sem que, para dizer o mínimo, ninguém da instituição de ensino percebesse, ainda que os fatos se repetissem mensalmente", declarou Josegrei.
G1 tentará contato com os advogados dos envolvidos. De acordo com a Justiça Federal, até as 10h50, os investigados não tinham advogado constituído.
Ao todo, foram expedidos 73 mandados judiciais, sendo 29 de prisão temporária, 8 de condução coercitivas, que é quando a pessoa é levada para prestar depoimento, e 36 mandados de busca e apreensão. Entre os alvos, estão dois funcionários públicos federais.
As prisões têm prazo de cinco dias e podem ser prorrogadas pelo mesmo período ou convertidas para preventivas, que é quando os presos ficam detidos por tempo indeterminado.
As cidades onde os mandados estão sendo cumpridos são Curitiba, Almirante Tamandaré, São José dos Pinhais, Antonina, Francisco Beltrão e Ponta Grossa, no Paraná; Rio de Janeiro; e Campo Grande e Maracaju, no Mato Grosso do Sul. http://g1.globo.com/pr/parana/noticia/2017/02/pf-cumpre-operacao-contra-desvio-de-recursos-publicos-destinados-ufpr.html

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

DEPUTADOS ESTADUAIS E ANTONINA.


O deputado Tião Medeiros se reuniu nesta terça-feira (24) com o diretor jurídico da Companhia Paranaense de Energia (Copel), Cristiano Hotz, para tratar de uma solução para o impasse de uma ação pública civil ingressada pela Associação de Produtores Rurais de Antonina (Aspran) contra a companhia. No processo, a Associação pede indenização aos produtores prejudicados pela água liberada pela Usina Hidrelétrica de Parigot de Souza, administrada pela Copel.
Os moradores da região também pedem a recuperação e desassoreamento do Rio Cachoeira e da Baía de Antonina. A Usina Hidrelétrica de Parigot de Souza foi construída no início da década de 1970, na região do Rio Cachoeira.
“Sabemos do problema gerado pela usina aos moradores da região, por isso estamos fazendo a intermediação para resolver o impasse. Temos relatos de água invadindo muitas propriedades, causando prejuízos. Quanto mais rápido isto for resolvido, melhor”, explica Tião Medeiros.
De acordo com o diretor da Copel, a companhia pretende marcar uma reunião em breve com os produtores. “Queremos resolver este problema o mais rápido possível. Vamos reunir as partes para tratar do assunto”, diz Cristiano Hotz. 
Por Tutuca
Esse é um assunto de grande interesse para a coletividade antoninense, assunto alias, por muitas vezes abordado aqui no blog. 
Esperamos que os esforços somados tragam boas notícias para a nossa cidade. Vamos acompanhar... 
Lembrando sempre que é preciso nesse contexto, discutir também os próximos 30 anos , prazo da nova concessão para o uso da usina.                                             http://celsowistuba.blogspot.com.br/2013/12/usina-parigot-de-souza-medidas.html
 Requião Filho em visita ao Prefeito José Paulo.
Na última sexta -feira 10/02, esteve em visita a nossa cidade o Deputado Estadual Requião Filho do PMDB.
O deputado é um velho amigo do Prefeito Zé Paulo ainda quando este era o presidente do PMDB em nossa cidade.
Boa visita.

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

DEFESA CIVIL SOMOS TODOS NÓS.



DEFESA CIVIL SOMOS TODOS NÓS.
Por definição a Defesa Civil planeja, promove, articula e executa a defesa permanente contra os desastres naturais e causados pelo homem.
Para isso, são adotadas ações preventivas, de socorro, assistenciais e recuperativas com o propósito de evitar ou minimizar esses desastres, procurando, simultaneamente, preservar o moral da população e restabelecer a normalidade do convívio social.
A Prefeitura Municipal de Antonina, através da Comissão Municipal de Defesa Civil, além do pronto atendimento aos moradores atingidos pela enchente na localidade do Cedro no início de Janeiro, já planeja e trabalha em outras frentes de atuação;
IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE ALERTA
A Comissão Municipal de Defesa Civil, já iniciou processo de busca levantamento e avaliação das condições de utilização do material adquirido em 2012 para a implantação deste sistema.
Com o objetivo de dar pronta resposta a essa meta a Comissão Municipal de Defesa Civil, estará providenciando ainda em caráter alternativo, a implantação de um sistema volante de sonorização.
EXECUÇÃO DO SIMULADO PREVISTO NO PLANO DE CONTINGÊNCIA
Tomando por base as orientações do Corpo de Bombeiros em tratativa acontecida na data de 24/01/2017, a Comissão Municipal de Defesa Civil estará executando processos preparatórios com o objetivo de executar o simulado previsto no plano de contingência do município.
 Os simulados são exercícios destinados ao desenvolvimento e aperfeiçoamento do sistema de autodefesa, conforme os riscos climáticos de cada região ou município.
IMPLANTAÇÃO DOS NUDECS
A Comissão Municipal de Defesa Civil de Antonina, com o objetivo de implantar os NUDECS (Núcleos Comunitários de Defesa Civil), já realiza reuniões com associações de bairros onde busca planejar ações, recrutar agentes comunitários e executar um sistema participativo de monitoramento e comunicação.
PLANO DE CONTINGÊNCIA DO MUNICÍPIO DE ANTONINA DESATUALIZADO A 4 ANOS.
Ainda nesse restrito espaço de tempo a Comissão Municipal de Defesa Civil, iniciou o processo de atualização e planejamento do plano de contingência do município de Antonina para o período 2017/2020. texto https://www.facebook.com/antoninaprefeitura/?hc_ref=PAGES_TIMELINE

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

REFORMA NO FÓRUM DE JUSTIÇA DE ANTONINA.


FÓRUM REFORMADO. 
Nesse último dia 18.01, foi solenemente inaugurado a conclusão das obras de reforma do Fórum de Justiça de Antonina.
PRESENTES AO EVENTO: Diretor em Exercício do Fórum, Juiz Substituto Christiano Camargo; a Diretora Do Fórum Juíza Titular Emanuela Costa Almeida Bueno, o Prefeito de Antonina José Paulo Vieira Azim, a Chefe de Gabinete de Antonina Areadne Dias Cruz; o Prefeito em Exercício de Guaraqueçaba Abelardo Sarubbi; o Presidente da Câmara de Antonina Celso Pinheiro – representado pelo Vereador Paulo Broska, a Promotora de Justiça Nicole Pilagallo da Silva Mader Gonçalves; o Presidente da OAB, Subseção Paranaguá, Nazareno Antonio Vilarinho Pioli Filho (Representado por Rodrigo Silveira Pioli) e o Delegado da Polícia Civil Carlos Alberto da Costa Mendes. 

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

CARNAVAL/2017 - PROGRAMAÇÃO.


Secretaria Municipal de Turismo e Cultura
Theatro Municipal Maestro Roberto Plassmann
Tel 41 3978-1093
PROGRAMAÇÃO CARNAVAL - 24 a 28 de fevereiro de 2017
Dia 24- SEXTA-FEIRA – Palco Principal
21h Coroação do Rei e da Rainha do Carnaval
22h Apresentação das baterias das Escolas de Samba
23h Baile Público com a Banda 50˚
Dia 25 SÁBADO – Avenida do Samba
21h Desfile dos Blocos Folclóricos e Carnavalescos
Bloco do Boi do Norte, Bloco do Boi Barrozo, Bloco do Dragão, Bloco dos Bonecos e Bloco Última Hora.
24h Baile Público com a Banda 50˚
Dia 26 DOMINGO – Avenida do Samba
Desfile das Escolas de Samba
21h G. R. Escola de Samba do Portinho
22h G. R. Escola de Samba Filhos da Capela
23h G. R. Escola de Samba Leões de Ouro
24h G. R. Escola de Samba do Batel
BAILE PÚBLICO (Som Mecânico) após o encerramento do
desfile das Escolas de Samba
Dia 27 SEGUNDA FEIRA – Avenida do Samba
18h Baile Infantil
18h30 1º Corrida Rústica das Escandalosas de Antonina
CARNAVAL DOS BLOCOS E DAS ESCANDALOSAS
21h Concurso das Escandalosas - Palco Principal
23h Baile Público com a Banda 50˚
Dia 28 TERÇA-FEIRA - Avenida do Samba
18h Baile Infantil – com animação dos Blocos do Boi do Norte e Boi Barrozo
21h Baile Público
02h Encerramento do Carnaval 2017.
Xaranga
Veículo decorado com banda e som mecânico que deverá visitar vários pontos da cidade. Roteiro a ser definido.

sábado, 14 de janeiro de 2017

PREFEITURA MUNICIPAL PRESTA APOIO AOS ATINGIDOS PELA ENCHENTE NA LOCALIDADE DO CEDRO.

Em uma pronta resposta ao evento acontecido das enchentes na localidade do Cedro , a Prefeitura Municipal de Antonina atendeu as mais de 40 famílias atingidas pelas águas.
A Prefeitura de Antonina nesse primeiro atendimento disponibilizou produtos de primeira necessidade, água, e equipe médica para atender os atingidos.
Segundo a página da Prefeitura, o esforço concentrado contou com o apoio de todas as secretarias municipais, grupamento de bombeiros, Defesa Civil, voluntários e colaboradores.

Conforme relato dos moradores, as fortes chuvas acontecidas na madrugada de quarta - feira, causaram uma enchente sem precedentes naquela localidade e o pronto atendimento da Prefeitura mesmo com a grande dificuldade de acesso, minimizou em muito as conseqüências desse evento climático.

Conforme  os registros fotográficos, os rios da região já atingiram o seu nível normal e as pontes de acesso estão em condições normais de uso. https://www.facebook.com/antoninaprefeitura/?pnref=story

 

sábado, 17 de dezembro de 2016

PREFEITO ELEITO DE ANTONINA E VEREADORES SÃO DIPLOMADOS.

Aconteceu nesta quinta 15/12, nas dependências do Teatro  Dr. Roberto Cristiano Plasmann, a diplomação  do Prefeito José Paulo Vieira Azim, (PSB), da vice-prefeita Dra. Valéria Fernandes de Oliveira (PTB) e dos vereadores de Antonina e Guaraqueçaba.
O evento contou com a presença da  Exma. Juíza da Comarca, Dra. Emanuela Costa Almeida Bueno e do Promotor de Justiça, Dr. Tiago Saldanha Macorati. 
Fotos - Flávia Kalline.


terça-feira, 13 de dezembro de 2016

CARNAVAL/2017. ABERTOS OS TRABALHOS.

O Prefeito eleito José Paulo Vieira Azim , em um encontro preliminar, abriu os trabalhos visando a realização do Carnaval de Antonina/2017.
O encontro contou com a presença de representantes de blocos carnavalescos, escolas de samba, e do comércio em geral.
O objetivo do encontro foi abrir ao debate o nosso maior evento Cultural. 


quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

O LEGADO DE FIDEL.

GAZETA DO POVO I OPINIÃO
Na noite de sexta-feira (25), faleceu um dos personagens-chave da história recente da América Latina: Fidel Castro, que governou Cuba como ditador entre 1959 e 2006. É impossível compreender o continente sem conhecer o modelo que ele implantou em seu país e nunca desistiu de exportar, seja pela via armada, seja pela via do discurso populista, com mais ou menos sucesso dependendo da época e do país.
Descrever o seu legado não permite ambiguidades. Não podemos tratá-lo como “líder controverso”, um “revolucionário idealista” que precisou quebrar ovos para fazer a omelete de um país socialmente justo. Cita-se, entre suas frases icônicas, “Socialismo ou morte!”. Mas para definir Fidel seria melhor dizer “socialismo e morte”. Pois ele foi um ditador sanguinário, que transformou Cuba em uma prisão a céu aberto, quase uma propriedade familiar (basta ver quem ele apontou como sucessor). Foi o comandante da mais assassina ditadura latino-americana, e isso em uma época pródiga em regimes autoritários e violentos no continente. E quase lançou o mundo em uma guerra nuclear, durante a “crise dos mísseis” de 1962.
A Cuba de Fidel se tornou o país do paredón, da perseguição a diversas minorias, das multidões de presos políticos, da perseguição à imprensa livre, do horror narrado por escritores como Armando Valladares e Reinaldo Arenas. Os defensores de Fidel – pois, inacreditavelmente, os há – preferirão apontar certa evolução em indicadores sociais como educação e saúde, questão até certo ponto controversa e cujo papel é questionado até mesmo por intelectuais de esquerda, como a socióloga argentina Claudia Hilb, que, em seu livro Silêncio, Cuba, mostra como essa “política social” esteve intrinsecamente ligada, desde o início, ao projeto de poder total de Fidel.
E nem mesmo a melhoria nesses indicadores, se for real, fez de Cuba a “terra prometida” que o socialismo diz tentar construir, falhando miseravelmente em todos os casos. Com Cuba não foi diferente, e o atestam as inúmeras tentativas que cubanos comuns fazem para fugir da ilha e fazer a curta, mas perigosa travessia até os Estados Unidos em jangadas improvisadas. Sorte um pouco melhor têm atletas e médicos, enviados por Cuba a solo estrangeiro – estes, usados quase como escravos, tendo a maior parte do seu salário confiscado pelo governo cubano; aqueles, integrantes de delegações que perpetuam a tradição socialista de usar o esporte como instrumento de propaganda do regime. Mas também eles se arriscam, driblando a vigilância para desertar. Este, sim, é o mais eficaz dos indicadores de bem-estar: o que pensar de um país cujos cidadãos estão dispostos a arriscar a própria vida para sair dele?
E este é um cenário que a morte de Fidel não muda. Cuba segue tão autoritária quanto antes, nas mãos de seu irmão Raul. A incipiente abertura econômica não vem acompanhada de nenhum grau de liberdade política. Os cubanos se livram da presença física de seu longevo ditador, mas ainda levarão tempo para se livrar de seu legado.                    http://www.gazetadopovo.com.br/opiniao/editoriais/o-legado-de-fidel-castro-9odymore1gevtw934aiyzazf1

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

BLOGS SE TORNAM JORNAIS IMPRESSOS NOS EUA , OU ; UMA TENDÊNCIA A SER AVALIADA.


Blogs se tornam jornal impresso nos EUA

Por Claire Cain Miller* 
Em meio ao alvoroço dos pessimistas, que insistem que os jornais estão à beira da morte, uma nova empresa pretende abrir dezenas de novos – com uma mudança. O Printed Blog, novo jornal de Chicago, será feito com postagens retiradas diretamente de blogs na internet, terá anúncios locais e será distribuído gratuitamente.
As primeiras edições deste jornal gratuito da era da internet devem aparecer em Chicago e San Francisco na terça-feira. De início, serão edições semanais, mas Joshua Karp, fundador e editor, espera, mais tarde, que o Printed Blog saia duas vezes por dia em muitas cidades dos Estados Unidos.
“Vamos tentar ser o primeiro jornal diário feito inteiramente de blogs ou outro conteúdo gerado pelos usuários”, disse. “Há tantas técnicas que funcionam online que achei que, talvez, poderia aplicar no jornal impresso”. À medida que os jornais pagos perdem leitores para a internet, onde podem ler os mesmos artigos sem nenhum custo, muitos jornais gratuitos conseguiram se manter.
“Trabalhar com o jornal gratuito ainda é bastante viável”, disse David Cohen, fundador do Silicon Valley Community Newspapers, grupo de jornais semanais distribuídos gratuitamente no sul de San Francisco, vendido para o grupo Knight Rider em 2005 e hoje propriedade da Media News. “Existe uma enorme faixa de leitores que quer saber das notícias locais, e as empresas locais tendem a aumentar sua publicidade nos períodos ruins porque precisam chamar a atenção das pessoas”.
Mas Karp não precisa olhar muito à frente para ver as dificuldades para ser ter sucesso na atividade jornalística nos dias atuais. A Tribune Co., que edita o Chicago Tribune e um diário grátis, o Red Eye, entrou com pedido de recuperação judicial em dezembro.
Karp está apostando que vai ter sucesso combinando o melhor que existe do modelo impresso e do modelo online. O Printed Blog vai publicar postagens de blogs ao lado de outros conteúdos típicos da internet, como comentários de leitores e fotos oferecidas pelos usuários. O jornal será impresso, a princípio, quatro páginas de 28cm X 43 cm, em papel branco, e desenhado como um blog, em vez de em colunas. 

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

VALENTINA DE BOTAS: ASSASSINATO NA ESCOLA INVADIDA.

Por: Augusto Nunes  
Parece mesmo que o Brasil se especializou na desoladora modalidade de poucos infelicitarem muitos. “Os demais não têm o direito de estudar?”, Edilaine Triani, diretora do colégio Pedro Macedo, no bairro Portão, em Curitiba, pergunta entre a indignação e o desalento, depois de dizer que a escola que dirige tem 3,3 mil alunos e somente uns 30 estão na invasão.

Na sexta-feira, dia 21, alguns professores que queriam trabalhar e alguns pais preocupados tentaram entrar numa escola em Londrina e foram impedidos pelo Conselho Tutelar, que tal? A entidade alegou que a assembleia dos invasores era “soberana”, eliminando de uma só vez o pátrio poder, a Constituição, o bom senso e a vida de Lucas Eduardo de Araújo. 
A inacreditável atitude do Conselho repercutiu tragicamente a 300 quilômetros de distância, em Curitiba.

Com o ano letivo praticamente perdido e os alunos perdendo conteúdo importante para o vestibular, se o Conselho Tutelar tutelasse os direitos de todos – o de estudar -, e não somente os interesses difusos de pouquíssimos estudantes cooptados pela militância primitiva que, com a vida ganha, o faz de peões e álibi para a própria farsa revolucionária, Lucas, de apenas 16 anos, talvez não tivesse sido assassinado nesta segunda-feira, dentro do Colégio Santa Felicidade, uma das escolas invadidas em Curitiba.

A estupidez do Conselho Tutelar, a omissão das demais instituições, a hesitação de Beto Richa e a imprensa boçal que enaltece em tom condoreiro a “resistência” dos estudantes e todos os babacas-tipo-assim-descolados que ainda acham tipo-assim-bacana essa pose nefasta de esquerdismo-totalitário-do-bem são cúmplices dos radicais que poderiam ter procurado canais democráticos para encaminhar objeções à PEC 241 e MP 746, mas democracia é grego para a choldra extremista.

Um cadáver só não faz verão, um cadáver só é pouco para a esquerda revolucionária que historicamente se impõe e reina somente do cume alto de pilhas de milhões de cadáveres. Foi necessário haver o cadáver solitário de Lucas para finalmente se iniciar o fim da invasão que não precisava ter começado e não teria havido se os tarados ideológicos que a perpetraram não fossem o que são e nem bajulados por cretinos de toda espécie, cuja larga maioria jamais estudou em escola pública, e encontram nessas invasões alívio para a culpa-de-boutique de suas consciências retrogradamente progressistas. 
Minhas orações serão para que a família de Lucas Eduardo encontre algum consolo.

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

ELEIÇÕES 2016 - ANTONINA - ZÉ PAULO DO PSB É O NOVO PREFEITO.

A partir de 1º de Janeiro de 2017,  Antonina terá José Paulo Vieira Azim, como novo Prefeito.
Em uma eleição muito disputada José Paulo Vieira Azim/ PSB, foi o vitorioso com 46.3% dos votos, contra 32.4% da segunda colocada, Munira Peluso. 
A diferença foi 13.9% pontos percentuais.
As urnas apontaram também para uma grande renovação na Câmara de vereadores. 
O único dos atuais vereadores a se reeleger foi Roberto Fernandes, também do PSB.

Gazeta do Povo.


quinta-feira, 22 de setembro de 2016

GESTÃO MUNIRA PELUSO. OBRAS INACABADAS + FALTA DE TRANSPARÊNCIA = INCOMPETÊNCIA , OU ; QUEM ANDA PRA TRÁS É CARANGUEJO.

Estamos a dez dias da eleição e as candidaturas á Prefeitura de Antonina já mostraram a que vieram.
Quando falamos do atual cenário eleitoral, a candidata Munira Peluso é a única no pleito majoritário de 2016 que já esteve à frente  do "conjunto administrativo da Prefeitura de Antonina”.
Nesse sentido um balanço crítico de suas gestões se faz mais do que pertinente, se faz necessário.

Munira Peluso iniciou a sua carreira política como Vice de Leopoldino de Abreu neto.

Em um primeiro plano é sempre bom lembrar que Munira Peluso foi também, vice - prefeita na gestão Leopoldino de Abreu Neto.
Os registros da história nos contam que Leopoldino de Abreu Neto, quando da sua tentativa de reeleição , teve a sua candidatura cassada por conta de irregularidades graves na gestão.

MUNIRA PELUSO RECEBEU RECURSOS FINANCEIROS QUE NENHUM OUTRO GESTOR RECEBEU.

Outro diferencial em comparação com os outros gestores, é que Munira Peluso foi a única que contou com recursos extras em sua passagem frente a Prefeitura de Antonina (período 2000 a 2004).
Esse é um ponto importantíssimo e que geralmente “passa batido” quando se faz um comparativo das gestões dos ex-prefeitos e as gestões da ex - prefeita.

Quando falamos em recursos extras, falamos de recursos financeiros que não estavam previstos no orçamento do município, recursos que nenhum outro prefeito na história recente de Antonina, teve em caixa para administrar a cidade.

MULTA MILIONÁRIA, NENHUM TAC ENCONTRADO.

Estamos falando de multa milionária que a Prefeitura de Antonina aplicou à Petrobras por conta do acidente ambiental na Serra do Mar.
Nenhum outro gestor municipal contou com uma turbinada financeira dessas proporções em seu tempo de mandato.
O noticiário aponta para uma multa fixada em 50 milhões de reais em valores de 2001.
Na Câmara Municipal, principal órgão fiscalizador do município, não se tem nenhum documento sobre o milionário acordo entre Prefeitura de Antonina, entidade que segundo o noticiário aplicou a multa, e Petrobrás, a empresa multada.
Para o espanto de muitos, o acordo sobre o pagamento da multa de 50 milhões de reais foi estranhamente abafado.
Somente convênios entre as partes, Prefeitura/Petrobrás, foram enviados para o acompanhamento da Câmara, onde nenhum deles foi redigido como convênio originário de acordo referente a multa.

CONTRATO  DE INTERESSE  PÚBLICO COM  CLÁUSULA DE SIGILO E CONFIDENCIALIDADE. MUNIRA PELUSO ASSINOU.
Para completar o repertório de absurdos nessa questão da milionária multa ambiental, a ex Prefeita Munira Peluso assinou em acordo com a Petrobrás, contratos, onde constam clausulas de sigilo e confidencialidade de 20 anos na divulgação de informações.
Um absurdo administrativo, uma falta total de transparência , onde só uma pergunta nos vem a cabeça; Qual o propósito desse ato?


GESTÃO QUE MARCOU O INÍCIO DO  CICLO DAS OBRAS INACABADAS, O INÍCIO DO CICLO DAS OBRAS QUE NUNCA FUNCIONARAM.

Não há como negar que foi nesse modelo de gestão que se iniciou em Antonina, um ciclo de obras que nunca funcionaram, um ciclo das OBRAS INACABADAS.

Quem não lembra do nosso MERCADO MUNICIPAL FECHADO?
Foto Eduardo Nascimento
Foto Eduardo Nascimento
O Mercado Municipal, um importantíssimo equipamento turístico do município, ficou  por vários anos fechado e foi entregue ao gestor sucessor assim; inacabado e abandonado. 

A obra inacabada da QUADRA POLIESPORTIVA DO BATEL. 
Uma obra que nunca atingiu o objetivo proposto, se transformando simplesmente em um arremedo de quadra poliesportiva, uma verdadeira gambiarra.

A obra que nunca funcionou, a obra da REDE COLETORA DE ESGOTO.

O convênio SIAFI 391165 , teve seus valores (300 mil reais à época), integralmente liberados ao convenente Prefeitura Municipal de Antonina, na data de 06/11/2000.
O período de vigência do convênio se iniciou em 20/01/2000, ultimo ano do primeiro mandato da então Prefeita, e expirou em 30/09/2002, segundo ano do  segundo mandato de Munira Peluso, configurando dessa maneira que a obra teve somente um gestor municipal durante esse período.

Outro aspecto importante dessa "não funcional obra", fica por conta do início da vigência do convênio, e o final do mandato da então prefeita.  
Foram praticamente 5 anos para entregar esta obra funcionando.
Ao frigir dos ovos, nenhuma unidade domiciliar foi ligada a essa rede coletora de esgoto. 

A obra que deveria atender a coletividade nunca funcionou.

AS REFORMAS  SEM FIM NO VELHO HOSPITAL.

Quem não lembra das infindáveis e infrutíferas reformas no velho hospital? Quem não lembra do CENTRO CIRÚRGICO  que nunca atendeu a coletividade antoninense, também nunca funcionou.

MODELO DE GESTÃO MUNIRA PELUSO JÁ FOI  REPROVADO PELA COLETIVIDADE ANTONINENSE.

Mesmo favorecida com essa milionária turbinada financeira nos cofres municipais, a gestão Munira Peluso ficou marcada por um vasto repertório de incompetência e falta de transparência.
A maior prova de reprovação dessa desastrosa gestão está registrada nas urnas.
O modelo Munira Peluso de governar já foi reprovado 2 vezes pelas urnas.
A  ex - gestora ao participar das duas ultimas eleições municipais foi, de maneira inapelável, reprovada pelo eleitor antoninense.

INCOMPETÊNCIA, FALTA DE TRANSPARÊNCIA, E CRIAÇÃO DOS PROGRAMAS SOCIAIS, DECRETARAM O FIM DA ERA DO ASSISTENCIALISMO E CLIENTELISMO.
A derrocada eleitoral da ex - gestora, além da incompetência administrativa e a falta de transparência, coincidiu com a implantação dos programas sociais do governo federal (2001 – 2002).
Com esse evento, o clientelismo e o assistencialismo, marca registrada da gestão Munira Peluso, foram duramente golpeados.

Nesse sentido fica claro que o Modelo de gestão Munira Peluso não serve de parâmetro positivo para nenhum outro gestor.
É incontestável o fato que foi nesse período, nessa gestão, que a cidade de Antonina entrou em um ciclo de decadência e retrocesso.